sábado, março 31, 2012

Resultados (31 de Março e 1 de Abril)



Selecção Nacional Feminina “A”
(Qualificação para o Campeonato da Europa de 2013)

Portugal 2-5 Republica Checa

Final da Taça da AFV - Futsal Feminino

Carbelrio 3-10 Unidos da Estação

2ª Divisão Nacional Centro - 26ª Jornada

Oliveira do Bairro 4-0 Cinfães

Coimbrões 0 - 2 Tondela

3ª Divisão Fase de Subida - Série C
(2ª Jornada)

Ac.Viseu 4 - 0 Bustelo

Alba 2 - 1 Sampedrense

Fase de Manutensão - Série C

Penalva do Castelo 2 - 1 Oliveira de Frades

Valecambrense 2 - 2 Canas de Senhorim

3ª Divisão Fase de Manutensão - Série B

Alpendorada 1 - 2  Lamego

Divisão de Honra - 25ª Jornada

Lajeosa 2 - 2 Alvite

Mortágua 2 - 1 Silgueiros

Paivense 1 - 0 Molelos

Fornelos 3 - 0 Tarouquense

Castro Daire 3 - 1 Lamelas

Arguedeira  0 - 1 Viseu e Benfica

Sátão - Lusitano (adiado devido ao mau tempo)

Parada 1 - 0 Vale Açores

1ª Distrital - Zona Norte - 24ª Jornada

Roriz 4 - 1 Oliv.Douro

Carvalhais 1 - 1 Moimenta da Beira

Os Ceireiros 0 - 1 Vilamaiorense

Sezurense 1 - 5 Nespereira

Vouzelenses 1 - 0 Sernancelhe

Boassas 2 - 3 Resende

Zona Sul

Nandufe 0 - 1 Mangualde

Campia 2 - 1 Vila Chã

Cabanas de Viriato 1 - 2 Farminhão

Santar 0 - 4 Nelas

Moimenta do Dão 0 - 3 Carregal do Sal

Parada de Gonta 0 - 0 Canas Santa Maria

2ª Divisão Nacional - Futsal - 22ª Jornada

Série A

Viseu 2001 4-7 Macedense

Série B

Nelas 3-4 Progresso da Venda Nova

(Camadas Jovens)

Juniores B - Zona Norte - 24ª Jornada

O Crasto - Santacruzense

Moimenta da Beira 4-2 Paivense

Resende 0-4 Oliv.Frades

Vilamaiorense 1-1 Cracks de Lamego

Souselo 2-1 Os Viriatos

Cinfães 3-1 Drizes

Zona Sul

Canas de Senhorim 3 Ranhados 0

Ac.Viseu   0 - 2 Repesenses

Tondela 10 - 1 Vouzelenses

Penalva do Castelo 4 - 2 Viseu e Benfica

Santacombadense 1-0 Mortágua

Nelas (7 de Abril) Molelos

Juniores C - Zona Norte - 24ª Jornada

Lusitano 1 - 0  Resende

Os Viriatos 1-1 Vouzelenses

O Crasto 9-0 Paivense

Drizes 1-0 Cinfães

Cracks de Lamego 3-2 Sátão

Souselo 1-3 Moimenta da Beira


Zona Sul

Ac.Viseu 0 - 1 Pestinhas

Mangualde 0 - 0 Pinguinzinhos

Mortágua 0 - 3 Molelos

Canas de Senhorim 0 - 1 Lusitano

Repesenses 13 - 0 Campia

Viseu e Benfica 1 - 0 Penalva do Castelo

Portugal 2-5 República Checa


Ficha de Jogo:
Jogo Qualificação Campeonato da Europa de Futebol Feminino Suécia 2013
Estádio João Cardoso, em Tondela
Assistência: Cerca de 500 espectadores.

Equipa de Arbitragem: Roménia
Árbitra: Floarea Babadac-Ionescu.
Árbitras Assistentes: Gabriela Dananae e Alina Mihoc.
Quarta Árbitra: Ana Catarina Araújo (Portugal)

PORTUGAL 2-5 REPÚBLICA CHECA (1-4, ao intervalo).

Portugal: Patrícia Morais; Carole Costa, Kimberly Brandão - Cap., Sílvia Rebelo e Sónia Matias; Melissa Antunes, Carla Couto e Cláudia Neto; Andrea Rodrigues (Laura Luís, 80'), Ana Borges (Ana Leite, 73') e Carolina Mendes (Regina Pereira, 87').

Suplentes não utilizadas:Neide Simões, Elsa Ventura, Tita e Cristiana Garcia.

Treinador: António Violante.

Golos: Andrea Rodrigues (20’) e Carolina Mendes (72').

Disciplina: Cartão amarelo para Sónia Matias (36').

República Checa: Petra Taušová; Iva Mocová - Cap., Petra Bertholdová, Veronika Pincová e Jana Sedláèková; Klára Cahyòová (Monika Cvernová, 89'), Irena Martínková, Lucie Voòková (Veronika Hoferková, 80') e Adéla Pivoòková; Petra Divišová e Lucie Martínková (Tereza Kozarová, 87').

Suplentes não utilizadas: Jaroslava Lorencová, Adéla Odehnalová, Michaela Èulová e Markéta Ringelová.

Treinador: Vladimír Hruška.

Golos: Irena Martínková (13’, 27’ e 36’), Petra Divišová (45’) e Adéla Pivoòková (53’).

Disciplina: Nada a registar.

sexta-feira, março 30, 2012

Antevisão da Jornada 25 (Divisão de Honra)


Mortágua leva doze pontos do segundo classificado e até poderá, já na próxima jornada, fazer a festa da subida de divisão. Será uma questão de tempo para isso acontecer.

Antevisão dos Jogos da 25ª jornada

Lageosa vs Alvite (55 – 45)
Jogo entre o penúltimo e o antepenúltimo, com o mesmo número de pontos. Jogo determinante para as duas equipas, onde só a vitória interessa. Jogo emocionante.

Mortágua vs Silgueiros (60 – 40)
Em caso de vitória a equipa da casa fará a festa de subida. Isto se Sátão perder o seu jogo e Parada não vencer o seu. Será esse o maior aliciante, uma vez que o Mortágua ao vencer fará o que fez em todos os outros jogos. Portanto nada de novo.

Paivense vs Molelos (55 – 45)
Jogo entre duas equipas de qualidade. O oitavo classificado desloca-se a casa do nono com mais três pontos. Interessante ver se há, ou não, troca de posições.

Fornelos vs Tarouquense (55 – 45)
O Fornelos, a jogar em casa, terá necessariamente de vencer a fim de tentar, ainda, a manutenção. O Tarouca, que venceu apenas um dos últimos oito jogos, aparentemente fora dessa luta, procurará dar uma ajudinha ao outro clube do concelho.

Castro Daire vs Lamelas (55 – 45)
O Castro Daire ainda luta pelo segundo lugar. O Lamelas empatou depois de cinco derrotas. Derby de Castro Daire muito emotivo, como são todos, e que será determinante para ambas as equipas por diferentes razões.

Arguedeira vs Viseu Benfica (55 vs 45)
O Viseu Benfica em caso de vitória dará passo decisivo rumo à manutenção. Acreditamos, no entanto, que o Arguedeira, a jogar em casa, procurará encurtar distância para o seu adversário, e assim, continuar a lutar para não descer.

Sátão vs Lusitano (55 vs 45)
O Lusitano não perdia há muitos jogos. Contudo foi derrotado na última jornada, em sua casa, pelo Parada e quererá encurtar distância para o segundo lugar. O Sátão que também não venceu, terá que vencer para não correr o risco de perder a segunda posição. Grande jogo em perspetiva.

Parada vs Vale de Açores (55 – 45)
Jogo entre duas equipas que ainda lutam pelo segundo lugar. Em caso de vitória da equipa da casa, o Vale de Açores deixará definitivamente fugir o segundo lugar.

Jogos emotivos, será o que nos reserva a próxima jornada. Destacamos o Mortágua vs Silgueiros, o Castro Daire vs Lamelas, o Parada vs Vale de Açores e o Sátão vs Lusitano. A escolha não será fácil.

Estas são apenas ideias do que, a nosso ver, poderão ser os jogos do próximo Domingo. A ver vamos…

Agradecemos a todos os que nos queiram contactar para sugestões, ideias, palpites, … ou simplesmente para refletir o poderão fazer para:
mail: reflectindofuteviseu@gmail.com

Saudações desportivas,

Toni

Arbitragem - Nomeações (31 de Março e 1 de Abril)


(31 de Março e 1 de Abril)

Clic para ver -  NOMEAÇÕES FUT 11

Clic para ver -  NOMEAÇÕES FUT 7

Clic para ver -  NOMEAÇÕES FUTSAL

Clic para ver - MAPA DE CASTIGOS FUT 11

Clic para ver - MAPA DE CASTIGOS FUT 7

Clic para ver - MAPA DE CASTIGOS FUTSAL 



(31 de Março e 1 de Abril) 

Clic para ver - MAPA DE CASTIGOS

quinta-feira, março 29, 2012

1ª Divisão Sul - Nelas 7 - Cabanas 1

Estádio Municipal em Nelas

Nelas – Elton, Tota, David, Luisão, Tony, Fábio, Kali, Lilo, Coelho, Erbi e Tiaguinho.
Suplentes – André, Kikau, Bruno, Carlitos, Gonçalves, Nuno e Augusto. 
Treinador –António Jorge


Cabanas de Viriato – Luís Carlos, Gonçalo, Mota, Chaves, Mauro, Rato, Victor Nuno, leitão, Luís Correia, Xála e Melro
Suplentes – Hélder Ferrão, Tiago Pereira, Cristofe, Bruno e Batista
Treinador – Carlos Martins


Arbitragem de António Carlos Silva tendo com assistentes João Santos e Sérgio Vieira equipa que viajou desde Castro Daire.


Pouca assistência a presenciar este desafio no bem tratado relvado no estádio municipal de Nelas mas para que os espectadores saiam de lá com outra impressão pois ali encontrei muito pó nas bancadas, se nós nos queríamos sentar sem sujar as calças tínhamos de dispor de um lenço para assim limparmos o lugar onde nos queríamos sentar, o lenço no final a ficar sujo, um reparo justo aos senhores que tomam conta deste empreendimento, os espectadores merecem pois pagam o seu bilhete para ver o jogo condignamente, depois das apresentações da praxe saiu a equipe da casa e nos primeiros minutos de jogo com a bola a ser bem trocada entre os contendores, remates nem vê-los tanto de uma equipa como da outra, parecia que se estudavam mutuamente e sem saber ler ou escrever da primeira vez que o Nelas vai à área o árbitro da partida resolve intervir marcando penalty contra o Cabanas de Viriato e mostrando o cartão amarelo a Luís Carlos, penalty que até as gentes de Nelas ficaram a olhar para aquilo, pois não houve falta nenhuma, só na cabeça de António Carlos Silva, Kali se encarregou da marcação do penalty que é bem defendido por Luís Carlos, mas a partir daqui parece que tudo mudou, a meu ver não fui o Nelas que cresceu, foi sim algum desinteresse que alguns jogadores cabanenses demonstraram quando abordavam os lances com os seus adversários e foi com naturalidade que aos dezanove minutos de jogo com uma das muitas desatenções de Chaves pois tinha a bola à sua mercê, vê Herbi roubá-la e não faz nada, este jogador não se faz rogado vai em frente contorna Luís Carlos e manda para o um a zero, depois era só manteiga tal era a facilidade com que os jogadores do Nelas fabricavam as jogadas, algumas delas de fazer bradar o céu, terminou  a primeira parte com quatro bolas a zero, golos de Erbi, Fábio, Coelho e novamente Coelho este após uma fífia monumental de Luís Carlos que deixou passar a bola por baixo do corpo, mas não devo crucificar este jovem guarda redes pois ainda tirou algumas bolas que levavam selo de golo, resultado que Carlos Martins bem queria ver outro mas a defensiva cabanense não estava lá, melhores dias virão.

Para a segunda parte sem alterações nas equipes saiu o Cabanas de Viriato que começou por dar um ar da sua graça e Tony do Nelas a ver o cartão amarelo que poderia ser de outra cor pois o jogador do Cabanas de Viriato ia-se a isolar, mas foi sol de pouca dura e aos mesmo dezanove minutos da segunda parte o cinco a zero por Tota, aos trinta minutos da segunda parte Nuno do Nelas que tinha substituído Tony e Erby a não terem a calma suficiente para desfeitearem o guarda redes do Cabanas de Viriato que efectuou varas defesas aos seus remates, a sua defensiva só dava facilidades, no minuto seguinte primeiro canto do desafio a favor da equipa visitante, por aqui se vê o quanto penou esta equipa, aos trinta e cinco minutos da segunda parte Carlitos do Nelas que tinha substituído Luisão a fazer o sexto golo co luís Carlos a tocar ainda na bola, passados mais uns minutos o sétimo golo este novamente de Erbi após várias intervenções de Luís Carlos, mas ele não pode fazer tudo, mesmo ao cair do pano Luís Correia vai à área nelense embrulha-se com Elton e o árbitro a marcar penalty e a mostrar o amarelo ao incrédulo Elton, e como começou assim acabou com uma diferença aqui Rato marcou com um remate colocado fazendo o sete a um, resultado com que acabou o desafio após o apito final dado por António Carlos Silva o arbitro da partida, a meu ver Carlos Martins treinador do Cabanas de Viriato vai ter uma semana para preparar a equipa para o próximo jogo que é em casa contra a equipa do Farminhão com jogo às 16 horas, tem de alterar muita coisa principalmente a mentalidade da equipa para atacar os lances, aqui foi fácil de mais para o Nelas, eles de certeza não esperavam tantas facilidades, só espero que o próximo seja e muito diferente deste, não digo que vençam, mas que tenham outra atitude desportiva, outra raça que aqui não esteve presente, para com os seu adeptos que os acompanham jogo a jogo, adeptos que ficaram e muito desiludidos com o comportamento de alguns jogadores cabanenses neste jogo.

Sobre a equipa de arbitragem sinceramente onde andavam eles, só os vi nos penaltys marcados, foi uma arbitragem a condizer com o jogo, fácil.

Equipa da Semana/Desilusão da Semana


Canas de Senhorim

Canas de Senhorim 4-1 Penalva do Castelo


 Penalva do Castelo

Canas de Senhorim 4-1 Penalva do Castelo

terça-feira, março 27, 2012

1ª Norte: CDR Moimenta da Beira 2 x GDC Roriz 1

Roriz talhado para as segundas partes volta a perder...e novamente por um golo de diferença!! A turma de Jorge Febras com o triunfo tangencial continua na luta pelo segundo lugar da classificação!!


Clube de Desporto e Recreio de Moimenta da Beira
Bic
Jorge Antunes
Williams
Élio Nascimento ©
Rafa
Artur
Pedro Feio
Serôdio
Hudson
Santos
Pingato

Substituições: Serôdio por Bella (`), Hudson por Luís China (´) e Rafa por Black (`).

Suplentes não utilizados:
Quim Teixeira
Oliveira
Liedson

Treinador: Jorge Febras

x

Grupo Desportivo e Cultural de Roriz
Luís Correia
Ricardo Alexandre
André Silva
Marco Gomes
Zito ©
Emanuel Ferreira
Cabral
Noita
André Silva
Fábio Ziro
Alex Sousa
Egipto

Substituições: Marco Gomes por Cláudio Pina (`), Cabral por Rui Pinto (`) e Fábio Ziro por Vicente (`).

Suplentes não utilizados:
Sérgio Sacho
Pedro Santos

Treinador: Sérgio Macário


25 Março 2012
Jogo no Estádio Municipal Eduardo Requeijo Alves, em Moimenta da Beira.
Assistência: Cerca de 150 pessoas
Árbitro: Ana Araújo (A.F. Viseu)
Auxiliares: -
Ao intervalo: 1-0
Marcadores: Pingato (11`), Élio Nascimento (67`) e Egipto (81`).
Acção disciplinar: -


A realizar, muito provavelmente, uma das suas últimas partidas no "velho" mas ainda actual Estádio Eduardo Requeijo Alves, já que as novas instalações e nova casa dos moimentenses provavelmente encontram-se ainda em fase de acabamento, o que deverá levar a mudar o Clube Desporto e Recreio de Moimenta da Beira a jogar os seus desafios na condição de visitado neste novo recinto apenas na próxima temporada.

Foi com um triunfo tangencial, que a turma orientada pelo conceituado técnico Jorge Febras, que à bem pouco tempo treinava na 3ª Divisão Nacional, conseguiu manter a chama acesa no que se refere às aspirações de ainda alcançar o segundo lugar da tabela geral, aquele que poderá...ou não...conferir disputar o playoff de acesso à divisão maior do distrito de Viseu, isto quando faltam apenas disputar mais três jornadas para o término da fase regular.

O derrotado foi a equipa que viajou do concelho de Penalva do Castelo, e que à bastantes jornadas procura pontuar, e que bem está perto de o fazer, mas as primeiras partes realizadas continuam a trair às aspirações da turma orientada por Sérgio Macário em alcançar uma pontuação mais digna e mais condizente com o seu valor demonstrado em campo.
Lá diz o ditado..."tantas vezes o cântaro vai à fonte, até que parte"...e à que continuar a acreditar no seu valor e na suas capacidades.
Mesmo que venha de uma série de derrotas, não é por falta de dignidade que os rorizenses não tem obtido resultados positivos.

O Moimenta entrou melhor no encontro e depois dos dez minutos já se tinha adiantado no marcador. Pingato foi o autor do golo que deu expressão e colorido a maior pressão dos visitados nos primeiros minutos.
Certamente com uma tentativa de resolver o jogo rápido a seu favor, a equipa da terra famosa pelo vinho e pela maça, tentou a seguir do primeiro, continuar a comandar a partida, mas o Roriz foi conseguindo evitar que os da casa chegassem ao segundo, impondo também em certos momentos, o seu jogo, mas contudo sem criar oportunidades de golo.

Até ao intervalo, esta vantagem mínima de um golo persistiu a favorecer a formação local que mesmo não vindo a realizar uma segunda volta ao nível da primeira em termos de performance desportiva quer ainda manter em aberto a possibilidade de chegar a um dos lugares que eventualmente poderá dar o direito de disputar um lugar de subida ao escalão superior.
O Roriz, que tem vindo ultimamente a demonstrar inconformismo pela sua actual classificação, foi, mesmo em desvantagem, uma equipa que dignificou o futebol no primeiro tempo.

Na etapa complementar, o Moimenta voltou a entrar melhor, e depois de alguma insistência chega ao segundo golo, por intermédio do seu capitão e jogador com um vasto currículo em campeonatos nacionais, Élio Nascimento, já perto da meia hora do segundo tempo.

Com uma vantagem de dois golos, a vitória ficava mais perto de alcançar, mas foi depois que o Roriz demonstrou o seu incorformismo e "obrigou" o Moimenta da Beira a sofrer para conseguir segurar o preciso triunfo.
Egipto, com momento de bela inspiração reduz o marcador à entrada dos últimos dez minutos do tempo regulamentar, deixando assim, ainda, a partida com uma dose de emotividade e suspense pelo vencedor do encontro.
Mesmo que o Roriz só tenha "acordado" praticamente depois de sofrer o segundo golo, o que é certo é que já não foi a tempo de evitar chegar ao final do encontro com o sabor amargo de mais uma derrota.
Arbitragem regular.

Na próxima ronda o Moimenta da Beira vai jogar no campo do Carvalhais enquanto o Grupo Desportivo e Cultural de Roriz recebe e defronta o Oliveira do Douro.


[Fotografia: http://1945cdrmoimentadabeira.blogspot.pt/]

[Crónica de Jogo: Sérgio & CinZa]

1ª Norte: CD Sernancelhe 7 x ARC Sezurense 2


Sernancelhe ganha de forma expressiva o Sezurense e consolida a liderança como praticamente garante a subida directa de divisão!! Contra factos não há argumentos, e o Sernancelhe foi forte demais para o Sezurense, comandados principalmente por Múller, que foi o destaque individual da partida!!


Clube Desportivo de Sernancelhe
12 Henrique
22 Igor
20 Vítor Alexandre
2 Vagner
3 Pedro Santos
6 Manso
4 Luís Carlos ©
8 Boguinha
21 Carlos Mileu
19 Múller
10 Kelton Jorge

Substituições: Vítor Alexandre por 11 Fredson Miguel (`), Boguinha por 13 Charles e Kelton Jorge por 16 André Serôdio (`).

Suplentes não utilizados:
1 David Patrício
15 Glaciano
17 Tiago Almeida
7 Diogo

Treinador: Rui Santiago

x

Associação Recreativa e Cultural de Sezurense
34 Henrique Costa
2 João Lopes
4 Ricardo Costa
99 Márcio Pereira
90 Nicolas
28 Stefan Costa
55 Steven Cunha
8 Luís Tostas
20 Paulito Lourenço
7 Rúben Sarmento
10 Litos ©


Substituições: Luís Tostas por 23 Ivo Patrício (55`), Steven Cunha por 19 Rui Lucas (65`) e Rúben Sarmento por 60 Gui Amaral (74´).

Suplentes não utilizados:
1 Pio

Treinador: José Freitas


25 Março 2012
Jogo no Estádio Municipal da Pedreira, em Sernancelhe.
Assistência: Cerca de 300 pessoas
Árbitro: Bruno Nascimento (A.F. Viseu - Viseu)
Auxiliares: Rui Crisóstomo & Fábio Loureiro
Ao intervalo: -
Marcadores: Múller (4), Kelton Jorge (2), Luís Carlos (1); Paulito Lourenço (1) e Litos (1).
Acção disciplinar: -



Líder da classificação muito decidido e bem orientado para conseguir os seus objectivos foi o que se assistiu nesta partida, que teve um vencedor incontestável. Encontravam-se no municipal da Pedreira, que quis o destino que tivesse o mesmo nome de alguns estádios de futebol no distrito de Viseu também como a nível nacional, a formação do Clube Desportivo de Sernancelhe frente à Associação Recreativa e Cultural de Sezurense, que tinha viajado do concelho de Penalva do Castelo.

Com classificações bem distintas deixava antever que a turma orientada por Rui Santiago fosse favorita para esta partida presenciada por uma boa moldura humana nas bancadas, perante a turma orientada por José Freitas, que se encontra na última metade da tabela classificativa.

É certo e conveniente referir que os argumentos e ambições também são bem diferentes, principalmente no plano orçamental, não fosse o Sernancelhe, o clube expoente máximo a representar o seu concelho enquanto o Sezurense, faz parte de um concelho com mais duas equipas seniores. Mas acaba sempre por ser uma questão relativa. Mas o que é certo é que as responsabilidades de um e de outro são bem distintas.

Mas referindo o que mais interessa. Triunfo sem margens para dúvidas quanto à justiça do vencedor, que demonstrou em campo a sua força, a sua personalidade e que tem revelado alguns jogadores muito interessantes do ponto de vista futebolístico e que certamente vão ser apetecíveis no final da temporada por outros clubes, nomeadamente de divisões superiores.

Uma vitória robusta do clube sernancelhense, que praticamente foi construída na primeira meia hora de jogo, depois de obter quatro golos ao qual se juntaram mais tarde outros três.
O Sezurense que teve neste desafio pouca reacção, certamente apontamentos positivos não vai tirar para as restantes três jornadas do campeonato.
O destaque individual vai quase por inteiro para Múller, que foi o autor de quatro golos e que foi o principal elemento de desequilibro na partida.
A juntar ao desempenho brilhante do atleta brasileiro, o trabalho também do cabo-verdiano Kelton Jorge, que contribuiu com dois golos da sua autoria pessoal. A contagem total do marcador da equipa da terra famosa pela Castanha ficou a cargo do capitão Luís Carlos.
Os tentos de honra do Sezurense foram obtidos por Paulito Lourenço e Litos.
A arbitragem não teve trabalhos esforçados e assim realizou um trabalho sem problemas de maior.

Certamente melhores partidas vai o Sezurense realizar e também o Sernancelhe nem sempre estará tão inspirado, mas o que é certo é que a liderança já não lhe irá fugir certamente e desde logo garantir a subida directa de divisão e o direito de disputar o titulo de campeão da 1ª Divisão distrital de Viseu.

Na próxima e antepenúltima ronda desta fase regular do campeonato, o Sernancelhe vai ter desde logo ter o jogo frente ao segundo classificado, a equipa dos Vouzelenses, a única, que improvavelmente lhe poderá tirar o lugar de líder. Quando ao Sezurense, vai ter pela frente no seu campo, a equipa do Nespereira, que provavelmente ainda espreita o segundo e o terceiro lugares da classificação geral. Emoções estão assim ainda, certamente, reservadas para os últimos três jogos deste campeonato.

[Fotos Arquivo: CinZa]

[Crónica: Zé Manel & CinZa]

3ª C - 2011/12: G.D.R. Canas de Senhorim 4 x S.C. Penalva do Castelo 1


Penalva do Castelo inicia segunda fase com derrota pesada em Canas de Senhorim!! Em derbi distrital com novo capitulo, a formação canense foi mais tranquila e eficaz no encontro e somou o seu primeiro triunfo em casa da temporada!!


Ficha de Jogo:


Grupo Desportivo e Recreio de Canas de Senhorim
12 Canário
2 Nando Veiga
3 Diogo Cunha
4 Simão ©
9 João Miguel
15 Adriano Pereira
16 Leo Roque
17 Élio
18 Pedro André
19 Vitinho
29 Dédé

Substituições: Dédé por 5 Roberto (67`), Élio por 14 Zito (75`) e João Miguel por 10 Luís Lopes (79`).

Suplentes não utilizados:
1 Laceiras
6 Ricardo
13 Carlos Miguel
25 Marco Xará

Treinador: João Bento

X

Sport Clube Penalva do Castelo
1 Bruno Ferrary
4 Diogo Sousa
5 Nelson Cardoso
7 Mika Lopes
8 Bruno Loureiro ©
9 Luís Cardoso
10 Papy
11 Tiago Henriques
14 Chico Pereira
19 Djibril Sarr
20 Califa

Substituições: Tiago Henriques por 18 Reuss (6`), Nelson Cardoso por 12 Vítor Vareiro (41`) e Mika Lopes por 13 Tiago Gonçalves (76`).

Suplentes não utilizados:
3 Manekas
17 Faria
21 Alex Cruz

Treinador: Tótá


25 Março 2012
Jogo no Complexo Desportivo - Campo Nº 1, na freguesia e vila de Canas de Senhorim, concelho de Nelas.
Assistência: cerca de 150 pessoas
Árbitro: Pedro Mesquita (A.F. Vila Real)
Auxiliares: António Coelho & Luís Sousa
Ao intervalo: 2-0
Marcadores: Diogo Cunha (7`), Élio (g.p.) (43`), Adriano Pereira (61`), Zito (83`) e Djibril Sarr (84`).
Acção disciplinar: Cartão Amarelo para Leo Roque (25`), Bruno Ferrary (38` e 40`), Vitinho (53`), Chico Pereira (68`), Pedro André (81`), Adriano Pereira (90`) e Zito (90+1`).
Cartão Vermelho por acumulação de amarelos a Bruno Ferrary (40`).



Em jeito de resumo, foi uma partida com um vencedor certo, não que justificasse esta diferença de golos, já que o valor e o futebol jogado pelas duas equipas não espelha este resultado, mas o que conta são os que entram. E aí o Canas esteve bem melhor que o Penalva, ao marcar quatro, dois em cada parte, com apenas um de resposta dos penalvenses, já nos últimos 10 minutos da partida.
O ritmo da partida foi baixo, em parte condicionado pelo calor que se fez sentir perante pouco público para um desafio entre equipas do mesmo distrito em campeonato nacional. O futebol jogado também não foi do melhor e o vencedor foi encontrado pela eficácia.
O Penalva sentiu bastante as ausências que tinha para este encontro e paradoxalmente, o Canas demonstrou mais tranquilidade do que o Penalva.
Um triunfo, que foi o primeiro do Canas na temporada, na condição de visitado, que poderá dar um tónico importante, já nas poucas hipóteses que os canenses tem de manter nos campeonatos nacionais. Quanto ao Penalva desperdiça uma boa situação para se impor na tabela classificativa e vê dois adversários igualar-los em pontos. Nada está perdido ainda, é certo, e não é para deitar a toalha ao chão obviamente, mas certamente deve-se reflectir que é preciso algo mais para dar a volta a esta situação, que não se avizinha fácil de ultrapassar, mas a vida é feita de desafios e os penalvenses tem todas as condições de dar a volta por cima. A esperança só "morre" no final, e agora há que olhar em frente neste momento.
Arbitragem irregular.



[CinZa]

Vídeo com resumo da partida:

http://www.youtube.com/watch?v=BAL9XOIdg-E&feature=player_embedded

[Vídeo in SporTViseu]

Cinfães 2-0 Boavista


25ª Jornada 2ª Divisão - Zona Centro
 (Estádio Municipal Prof. Cerveira Pinto)

Cinfães:
Rui Sacramento,André Marqueiro, Joel,Hugo Teixeira,Vitor Borges,Diogo Torres,Luca,Rui Gonçalves,Serra,Miki,Paulo Ferreira

Banco de Suplentes: 
Padeiro,Rui Costa,Rogério,Tino Barbosa

Treinador: Flávio das Neves

Boavista:
Pedro Cavadas,Filipe Babo,Léo Bonfim,Machado, Malafaia,Pedrinho,Kadinha,Vitor Fonseca,Joel,Fary,Hugo

Banco de Suplentes:
Tiago Pinto,Wilsinho,Leandro,Nélson Cunha

Treinador: Ferreirinha

Árbitro: Albano Filipe Freitas Correia (A.F.Braga)

Golos Cinfães: Tino Barbosa (2)

segunda-feira, março 26, 2012

Final da Taça (Futsal Feminino AFV)


domingo, março 25, 2012

Resultados/Classificações (24 e 25 de Março)



2ª Divisão Nacional Centro - 25ª Jornada

Cinfães 2-0 Boavista

Tondela 1-1 Gondomar

 (Clic na imagem para ampliar)


3ª Divisão Nacional C - Fase de Subida - 1ª Jornada

Nogueirense 1-1 Ac.Viseu

Sampedrense 1-0 Avanca

(Clic na imagem para ampliar)


Fase de Manutensão - 1ª Jornada

Oliveira de Frades 3-1 Oliveira do Hospital

Canas de Senhorim 4-1 Penalva do Castelo

Sanjoanense 2-0 Valecambrense

 (Clic na imagem para ampliar)


3ª Divisão Nacional B - 1ª Jornada

Lamego 2-1 Sp.Meda 

  (Clic na imagem para ampliar)


2ª Divisão Nacional - Futsal

Série A - 21ª Jornada

Cohaemato 4-4 Viseu 2001

(Clic na imagem para ampliar)


Série B

Os Vinhais 6-4 Nelas

(Clic na imagem para ampliar)


Divisão de Honra - 24ª Jornada

Alvite 0-2 Mortágua

Silgueiros 1-1 Paivense

Molelos 2-1 Fornelos

Tarouquense 0-3 Castro Daire

Lamelas 1-1 Arguedeira

Viseu e Benfica 1-1 Sátão

Lusitano 1-2 Parada

Vale Açores 4-2 Lajeosa

(Clic na imagem para ampliar) 


1ª Distrital - Zona Norte - 23ª Jornada

Moimenta da Beira 2-1 Roriz

Vilamaiorense 0-1 Carvalhais

Nespereira 6-1 Os Ceireiros

Sernancelhe 7-2 Sezurense

Resende 1-1 Vouzelenses

Ferreira de Aves 4-0 Boassas

 (Clic na imagem para ampliar) 


Zona Sul

Vila Chã 2-1 Nandufe

Farminhão 1-1 Campia

Nelas 7-1 Cabanas de Viriato

Carregal do Sal 8-1 Santar

Canas Santa Maria 2-2 Moimenta do Dão

S.Cassurrães 5-0 Parada de Gonta

 (Clic na imagem para ampliar)  


(Camadas Jovens)

Juniores A - Zona Norte - 22ª Jornada

Cinfães 4-1 Os Viriatos

Lamego 2-1 Resende

Moimenta da Beira 1-2 Pesqueira

Oliv.Frades 22-0 Boassas

O Crasto 2-2 Vilamaiorense

 (Clic na imagem para ampliar)  


Zona Sul - 18ª Jornada

Viseu e Benfica 5-2 Tondela

Mortágua 2-0 Santacombadense

Canas de Senhorim 3-4 Lusitano

Penalva do Castelo 1-1 Repesenses

Campia 1-1 Molelos

(Clic na imagem para ampliar)


Juniores B - Zona Norte - 23ª Jornada

Paivense - O Crasto

Oliv.Frades 3-2 Moimenta da Beira

Cracks de Lamego - Resende

Os Viriatos - Vilamaiorense

Drizes 4-1 Souzelo

Sãtão Adiado Cinfães

Zona Sul

Ranhados 3-5 Nelas

Vouzelenses 1-8 Canas de Senhorim

Mortágua 0-1 Ac.Viseu

Repesenses 4-0 Penalva do Castelo

Mangualde 8-0 Santacombadense

Viseu e Benfica 5-2 Tondela

 (Clic na imagem para ampliar)


Juniores C - Zona Norte - 23ª Jornada

Cinfães 0-0 O Crasto

Vouzelenses 0-5 Drizes

Sãtão 5-2 Os Viriatos

Resende 0-5 Cracks de Lamego

Moimenta da Beira 2-2 Luistano

Pesqueira 3-0 Souselo

(Clic na imagem para ampliar)


Zona Sul

Campia 1-3 Ac.Viseu B

Molelos 4-1 Mangualde

Penalva do Castelo 2-2 Canas de Senhorim

Os Pestinhas 1-0 Viseu e Benfica

O Crasto 1-6 Repesenses B

Lusitano 5-0 Mortágua

(Clic na imagem para ampliar)


Divisão de Honra - Futsal - 22ª Jornada

Amorim Girão 2-10 Pesqueira

31 Barcos 3-2 Armamar

Pedreles 3-1 Balsa Nova

Moimenta da Beira - Tondela

Lamego 7-3 São Martimho Orgens

Castro Daire 5-4 Rio de Moinhos

Viseu 2001 B 1-4 São Martinho de Mouros

(Clic na imagem para ampliar)


1ª Distrital - Futsal Feminino - 22ª Jornada (Ultima)

Carbelrio 1-3 GD Penedono

O Crasto 4-6 Casa Benfica de Mortágua

Lusitano Vildemoinhos vs. Vilar de Besteiros

Inter Tarouca 3-3 GD Oliveira de Frades

Folgam: Unidos da Estação e Naval Viseu

Classificação Final:

Unidos da Estação - 19 jogos - 57 pontos

2º GD Penedono - 19 jogos - 38 pontos
3º Carbelrio - 19 jogos - 37 pontos
4º GD Oliveira de Frades - 19 jogos - 33 pontos
5º Naval Viseu - 19 jogos - 25 pontos
6º Inter Tarouca - 19 jogos - 24 pontos
7º Lusitano Vildemoinhos - 19 jogos - 24 pontos

8º Casa Benfica de Mortágua - 19 jogos - 18 pontos

9º O Crasto - 19 jogos - 17 pontos

10º Vilar de Besteiros - 19 jogos - 11 pontos

11º GD Mangualde - 12 jogos - 10 pontos

Análise da Jornada 25 (2ª Divisão Centro)


 Sp. Espinho chega ao topo.

O destaque desta semana vai directamente para o emblema de Espinho.
Com uma vitória por uma bola a zero, o Sp. Espinho chega ao primeiro lugar, mas deve metade do destaque ao Gondomar, que consegue na sua deslocação ao Tondela um empate a uma bola.
Outro destaque vai para o Anadia, que consegue parar em casa o Operário por uma vitória a com três golos marcados e um sofrido.
Com este resultado o Operário não consegue aproveitar a derrota do Boavista na casa do Cinfães.
Por fim outro destaque desta semana vai directamente para o total da tabela classificativa, visto apenas ter existido outra mudança de posições em relação à jornada anterior, e essa mudança de lugares deu-se entre o Gondomar e o Padroense fruto da vitória no Sábado por uma bola a zero por parte do Padroense frente ao Madalena.


Tondela 1-1 Gondomar

 

25ª Jornada 2ª Divisão - Zona Centro
(Estádio João Cardoso)

Tondela:
Avelino,Materazi,Carlos André,Fábio Pacheco,Pedrosa,Márcio Sousa,Hélder Lopes,Luis Aurélio,Mauro Bastos,Magano,Rafael

Banco de Suplentes: 
Claudio Ramos,Pica,Gomes,Hugo Costa,Tiago Barros,Marcelo,Vieirinha

Treinador: Vitor Paneira

Gondomar:
Tiago,Rufino,Joeu,André,Fabeta,Ricardo,Tiago,Marco,João,Correia,Oliveira

Banco de Suplentes:
Diogo,Lenho,Manel,Diaby,Outtara,Carvalho,Filipe

Treinador: José Alberto

Árbitro: António Augusto Siva Costa (A.F.Aveiro)
Auxiliares: Alcino Soeiro,Ricardo Pinho


Golo Tondela: Márcio Sousa
Golo Gondomar: Ricardo 

sábado, março 24, 2012

Antevisão da Jornada 25 (2ª Divisão Centro)


A temperatura aumenta na Zona Centro com o Tondela e o Sp. Espinho empatados com 52 pontos, mas não nos podemos esquecer do Boavista FC e da surpresa Operário.
Com Tondela e o Sp. Espinho a serem obrigados a vencer ambas as suas partidas, pois o favoritismo está do lado dos que lideram esta zona, apenas podemos esperar se a equipa do Bessa e a equipa sensação da Zona Centro vão baixar os braços e terem um deslize nos seus encontros, deixando a luta pelo título apenas para o Tondela e para o Sp. Espinho.
Na parte inferior da tabela a nossa atenção vai para o Anadia que recebe em casa o Operário, pois tem pela frente um encontro complicado, visto ter pela frente o Operário e necessitar pontos para se afastar da zona de despromoção.
  

sexta-feira, março 23, 2012

Antevisão da Jornada 24 (Divisão de Honra)


Refletindo a Jornada Anterior

Destaque na jornada passada para Mortágua, Sátão e Parada, três primeiros classificados e únicas equipas que venceram na jornada vinte e três. Quatro equipas com dezassete pontos lutam pela permanência com Lamelas e Viseu Benfica pela manutenção. Tarouquense com vinte e oito pontos parece-nos que em condições normais não entrará nessa luta.

Antevisão dos Jogos da 24ª jornada

Alvite vs Mortágua (45 – 55)
O Alvite venceu no último jogo, em sua casa, e na última jornada foi pontuar a Vila Nova de Paiva. Ao receber o líder não terá tarefa fácil para continuar com os bons resultados. Jogo importante para a equipa da casa na luta pela permanência. Mais um bom teste para o primeiro classificado.

Silgueiros vs Paivense (55 – 45)
O Silgueiros continua ainda na luta pelo segundo lugar da classificação, estando a apenas seis pontos do Sátão segundo classificado. Não quererá, certamente, perder pontos em sua casa. Tem no entanto, como adversário, uma das equipas que mais pontos conseguiu fora de casa. Jogo emotivo em perspetiva.

Molelos vs Fornelos (55 – 45)
Numa fase da época em que cada ponto conquistado poderá significar descer ou não de divisão, ao Fornelos resta-lhe continuar a lutar em cada jogo por pontos que lhe permita chegar ao fim do campeonato em lugares que permitam não descer. Jogo emotivo principalmente pela importância que tem para a equipa visitante.

Tarouquense vs Castro Daire (45 – 55)
O Tarouca foi uma das cinco equipas que conseguiu pontuar no municipal de Castro Daire. Apesar disso são doze os pontos que separam as duas equipas. Pelo que pensamos que o Castro Daire poderá perfeitamente vencer num campo onde já venceu esta época, só que o adversário foi outro. Jogo entre duas equipas de qualidade, de maior responsabilidade para a equipa visitante, que ainda luta pelo segundo lugar.

Lamelas vs Arguedeira (55 – 45)
Será claramente um dos jogos em destaque, pela sua importância para ambas as equipas. Um ponto separa as duas equipas, no décimo terceiro e décimo segundo lugar, com dezassete e dezoito pontos. Ligeiro favoritismo para o Lamelas, porque joga em casa e porque se trata de uma equipa mais experiente.

Viseu Benfica vs Sátão (45 vs 55)
O Viseu Benfica, ainda a lutar pela manutenção, recebe o segundo classificado, que vem de vitória por números elevados. Jogo entre duas equipas separadas por vinte e quatro pontos, mas que certamente não se refletirá no jogo da próxima jornada. Jogo importante para o Viseu Benfica, pelo que já foi referido e para o Sátão continuar no segundo lugar da classificação.

Lusitano vs Parada (50 vs 50)
O Lusitano ainda não perdeu na segunda volta do campeonato e já lá vão oito jogos. O Parada regressou, na passada jornada, às vitórias depois de três jogos sem vencer. Duas equipas separadas por dois pontos e que ocupam os primeiros lugares, estando na luta pelo segundo lugar. Jogo emotivo e certamente bem jogado.

Vale de Açores vs Lageosa (60 – 40)
O Vale de Açores se vencer o seu jogo, onde é favorito, certamente subirá alguns lugares na classificação. O Lageosa, com dezassete pontos procurará pontuar e assim continuar na luta pela manutenção. Não terá no entanto tarefa fácil, uma vez que o Vale de Açores em sua casa ainda não perdeu qualquer jogo e empatou apenas três.

Estas são apenas ideias do que, a nosso ver, poderão ser os jogos do próximo Domingo. A ver vamos…

Agradecemos a todos os que nos queiram contactar para sugestões, ideias, palpites, … ou simplesmente para refletir o poderão fazer para:
mail: reflectindofuteviseu@gmail.com

Saudações desportivas,

Toni
Futebol Distrito de Viseu © 2008. Design by :Futebol Viseu Sponsored by: Futebol Viseu